Pesquise neste blog

26 de jan de 2011

Puxaram seu tapete no trabalho?





Tags: Elogio, Inveja, Liderança, trabalho

Comente »

Em qualquer ambiente de trabalho existem aqueles caras invejosos, que são incapazes e ficam com ciúme do seu talento, de ver que você está vencendo e ganhando mais do que eles. Procuram de todo jeito puxar o seu tapete, te derrubar. Falam mal de você para o seu chefe, para os seus colegas, mas quando estão na sua presença ficam te elogiando. São as “traíras” de carteirinha que existem por aí e você precisa aprender a conviver com eles.



Como? Primeiro faça bem o seu trabalho. O chefe que se deixa impregnar com comentários maldosos desse tipo é um mau chefe, muito provavelmente é incompetente. Se ele dá bola para fofocas, preste atenção! Procure ter uma conversa franca com ele, abra o jogo. Diga que sabe da existência de conversas a seu respeito e gostaria de saber a opinião dele em relação ao seu trabalho. Isso vai acabar exercendo uma tremenda pressão sobre o chefe e ele vai ter de se posicionar.



A minha experiência mostra que, na maioria das vezes, ele vai dizer que é impressão sua e não é nada disso do que você está pensando. Aproveite o momento e ressalte que você gosta do seu trabalho, está ali para o que der e vier. E enfatize, diga que sempre fará mais do que é capaz. Você pode estar certo que aqueles que querem puxar o seu tapete não vão ter mais espaço. Agora, se seu chefe é daqueles que não dão ouvidos a boatos, fofocas e intrigas, não há razão para se preocupar.



E você, o que vai fazer com relação a essa pessoa que está querendo puxar o seu tapete? Ahhh, um alerta! Nem sempre você consegue de fato identificá-lo. Mas se você sabe muito bem quem é, tenha uma conversa com ele. Nada de briga. Traga-o para perto e fale que vocês podem subir juntos na empresa e seja objetivo mostrando que ele não precisa apagar a sua luz pra ele brilhar. Essa conversa vai ajudar. É muito bom perdoar as “traíras”, só não esqueça o nome deles.

Fonte: http://noticias.r7.com/blogs/julio-cardozo/2011/01/26/puxaram-seu-tapete-no-trabalho/